Fazer essas CINCO coisas colocará sua carreira em RISCO constante!

Sergio Gotardo      domingo, 22 de julho de 2018

Compartilhe esta página com seus amigos

 

Desde que nascemos, nossos pais, parentes, professores e pessoas mais chegadas desejam que tenhamos uma vida bem sucedida. 

Sempre que ficamos sabendo dos projetos de uma pessoa querida, desejamos que a pessoa tenha sucesso, o que significa que queremos que as coisas deem certo de alguma forma. 

 

Mas... O QUÊ exatamente é sucesso? 

 

Podemos dizer que esse é um conceito extremamente subjetivo, pois cada pessoa pode ter uma definição diferente do que seja ser bem sucedido. 

 

A maioria pode considerar que ter uma carreira sólida e promissora, com salário acima da média, um carro do ano, uma casa em um bairro bom, e algum dinheiro guardado é ter sucesso. 

 

Enquanto para algumas pessoas que vivem em condições insalubres, ter sucesso pode significar não passar fome e ter um teto acima da cabeça, seja ele como for. 

 

O que é importante perceber é que sempre que usamos esse termo fazemos do modo positivo, para o bem e nunca na forma negativa (o ladrão que consegue fazer um grande assalto é bem sucedido dentro de seus intentos, mesmo que esteja à margem da sociedade). 

 

Assim, ter sucesso é algo que depende de cada pessoa. O que é ter sucesso para você? 

 

Dentro do conceito da linha da vida que é uma horizontal, grande parte da população do mundo vive abaixo dessa linha, ou seja, está sempre aquém do que poderia estar realmente. 

 

Em termos de carreira podemos dizer que pessoas que não aproveitam oportunidades de mudança, e estão sempre se escondendo atrás de um cargo, vivem abaixo da linha. 

E, infelizmente, podemos afirmar que mais da metade da população vive dessa forma, sabe porquê? 

 

Porque essa é a maneira que a sociedade mais aceita e impõe. Ainda não estamos acostumados, a ver com bons olhos, pessoas ricas e bem sucedidas. 

 

Na verdade sentimos inveja e queremos muito que alguma dê errado para ela, para que ela “desça” até o mesmo patamar em que estamos. 

 

Esse é o clichê social que acredita que para ter um bom salário é preciso levantar de madrugada, enfrentar trânsito caótico e aceitar ordens de pessoas que também vivem abaixo da linha. 

5 coisas que levam sua carreira e vida ao completo fracasso 

 

 

Viver abaixo da linha da vida trará frustração e desequilíbrio financeiro crônico, e para evitar que isso aconteça você precisa deixar de fazer essas 5 coisas que listo abaixo: 

 

1 – Dar desculpas

 

Sempre que vir alguém dando desculpas porque fracassou em alguma tarefa, você terá ali um indivíduo que vive abaixo da linha da vida. 

 

Desculpar-se por uma má performance é a maneira que as pessoas mais fracas encontram para justificar sua falta de sucesso, o que na maioria das vezes chamam de “má sorte”. 

Perceba que se esconder atrás de eventos externos é o mesmo que dizer: Eu não tenho controle sobre minha vida, as coisas apenas acontecem e eu não sei como evitar que isso ocorra. 

 

Para de dar desculpas quando tiver um fracasso e apenas assuma que possa ter feito uma escolha errada, e leve esse momento ruim como experiência. 

 

2 – Sempre procurar um culpado 

 

Pessoas que vivem abaixo da linha da vida sempre têm alguém para culpar sobre seus infortúnios.

 

O negócio não deu certo por causa da crise econômica, a promoção não saiu por que alguém puxou o tapete, o atraso na reunião se deu porque o trânsito estava muito ruim, etc... 

Pessoas assim costumam ter um discurso pronto para cada momento de fracasso, onde sempre existe algum fator externo que é culpado por sua vida ser miserável. 

 

3 – Negar suas potencialidades

 

Sempre que alguém elogia e nós dizemos: “Ah, imagina, o que é isso”, estamos negando nossas potencialidades. 

 

Esse tipo de comentário está ligado a crença de que temos quer ser humildes, o que significa que não podemos concordar, ou dar entender que somos realmente bons no que fazemos. 

 

Ter esse tipo de atitude apenas enfraquecerá os pensamentos e sentimentos acerca do sucesso. 

 

Como ter sucesso se você está sempre se desculpando por ser alguém acima da média e capaz de executar tarefas de forma impecável? 

 

Pare de se desculpar para o mundo por ser uma pessoa bem sucedida. Aceite os elogios, eles são apenas um reconhecimento da sua potencialidade. 

 

4 – Viver abaixo das expectativas

 

Esse comportamento está ligado diretamente ao do item 3. Quando não acreditamos em nosso potencial passamos a viver abaixo do que esperam de nós e do que planejamos para a vida. 

 

Infelizmente o padrão da sociedade é exatamente esse, já que até alguns conceitos religiosos nos levam a acreditar que ser rico, ter uma boa carreira, ter carro do ano e bons relacionamentos é “pecado”. 

 

Sempre é bom lembrar que o universo é abundante e em nenhum momento tolera carência, então trate de mudar seus paradigmas e faça mais por si mesmo, vivendo acima das suas próprias expectativas e do que as pessoas esperam de si. 

 

5 – Agir como um termômetro 

 

Um conceito fácil de entender nos dias de hoje é o de ser uma pessoa termômetro, alguém que apenas registra o que está acontecendo no mundo exterior, sem reagir, sem mudar, sem melhorar. 

 

Como o aparelho que mede a temperatura sem fazer nada para equilibrá-la, seres humanos também agem assim constantemente apenas se moldando conforme o mundo se apresenta. 

 

Dessa forma quando as finanças vão bem, temos um pouco de paz e tranquilidade, e ficamos à beira de um ataque de nervos quando o dinheiro para o necessário falta. 

A melhor maneira para corrigir essa ação é REAGIR conforme as situações desagradáveis ocorrem, mudando o panorama favoravelmente através de pensamentos e ações construtivos. 

 

Se você não está satisfeito com sua vida, tenho certeza que acabou se encontrando em algum dos itens acima, ou até mesmo em todos. 

 

A primeira ação para a mudança é reconhecer que possui essas características. 

 

Pessoas fracas e acomodadas não assumem que estão vivendo abaixo da linha da vida e por isso o mercado está cheio de profissionais medíocres (de mediano), e pessoas infelizes em suas carreiras. 

 

Reconheça suas crenças limitantes e comece a confrontá-las, um processo de busca interior que só traz crescimento e muita vontade de vencer. 


Sucesso!

Comentários